CARROS BR
Chevrolet Tracker 2015

Chevrolet Tracker 2015

Chevrolet

Conheça o novo SUV da Chevrolet: o Tracker 2015, com preço a partir de 79 mil reais, ele vem equipado com muitos itens, mas o consumo é alto. Veja fotos!

Um SUV com proposta diferente: tamanho compacto, design atraente, muita tecnologia embarcada e feito para a cidade. Esta é a proposta direta do Chevrolet Tracker 2015, lançado pela Chevrolet no ano passado para concorrer com o já consagrado Ford Ecosport e o novato Renault Duster. Nenhum deles foi feito para a lama ou sujeira, e isso atrai cada vez mais consumidores. Mas será que o Tracker realmente vai conseguir tirar as vendas dos modelos que atualmente estão no mercado?

A Chevrolet quer atrair os consumidores que buscam maior conforto para os centros urbanos e que não querem se estressar – principalmente com as imperfeições do asfalto – enquanto estão no trânsito. O design foi inspirado no padrão global da Chevrolet, apesar de fugir um pouco da “mesmice” graças aos traços mais musculosos presentes na carroceria.

Disponível em 5 cores – branco, prata, vermelho, cinza e preto, o Tracker 2015 é equipado com vários dispositivos para a conveniência e conforto dos ocupantes. A começar pela central MyLink, que apresenta uma tela de 7” sensível ao toque, que graças a entrada USB permite conexão com pen-drive e celulares. Caso você não goste de fios, também pode emparelhar seu celular ou tablet via Bluetooth e, inclusive, atender e realizar ligações em viva-voz. A central de entretenimento MyLink também exibe a imagem da câmera de ré e indica os resultados dos sensores de estacionamento.

Chevrolet Tracker 2015

Obrigatório no Brasil e em outros países do mundo, o Chevrolet Tracker vem de fábrica com apenas dois airbags – um número vergonhoso para um carro deste porte – e freios ABS nas quatro rodas com sistema EBD e PBA. Este último, que auxilia o motorista em uma frenagem de emergência. Para quem tem criança e deseja fazer uso de cadeirinha, o Tracker tem sistema ISOFIX, que fixa com segurança máxima a cadeira ao assento traseiro.

Traseira do Tracker 2015

Ficha técnica

Importado do México, o Tracker 2015 vendido no Brasil é o mesmo da Argentina. É construído sobre a plataforma GSV, usada também no Sonic, Spnin e Onix. O motor é o Ecotec 1.8 L 16V flex de 4 cilindros, que também equipa o Cruze e gera 144 cv no etanol e 140 cv na gasolina. A transmissão é automática de 6 velocidades em todas as versões.

← Arraste para ver mais →
Motor Ecotec 1.8 L 16V de 4 cilindros
Potência (etanol / gasolina) 144 cv / 140 cv
Torque máximo (etanol/gasolina) 18,9 kgm / 17,8 kgm
Transmissão Automática de 6 velocidades
Direção Hidráulica
Tração Dianteira
Freios dianteiros A disco ventilado (com ABS)
Freios traseiros A tambor (com ABS)
Supensão dianteira McPherson, independente e barra de torção
Suspensão traseira Semi-independente com eixo de torsão, sem barra estabilizadora
Dimensões (C x L x A) 4,24 m x 1,77 m x 1,65 m
Distância entre-eixos 2,55 m
Tanque de combustível Capacidade para 53 litros
Porta-malas Capacidade para 306 litros em modo normal e 735 com banco traseiro rebatido
Rodas 18 x 7 em alumínio
Peso 1,355 kg
← Arraste para ver mais →

Como o foco deste SUV é a cidade, as dimensões não são tão grandes. o Chevrolet Tracker tem 4,28 m de comprimento, 1,77 m de largura, 1,64 m de altura e 2,55 m de distância entre eixos. O tanque de combustível tem capacidade de 53 litros e o porta-malas acomoda 306 litros em modo normal e 735 litros com o banco traseiro rebatido.
Interior do Tracker 2015

Preço do Chevrolet Tracker 2015

Acima da expectativa do mercado, o Tracker está disponível em apenas uma versão – LTZ – e tem preço estipulado de R$ 79.900,00. Um tanto quanto salgado, visto que o veículo compartilha elementos de diversos outros modelos da Chevrolet e a concorrência custa menos. A marca justifica o preço do Tracker 2015 pelos itens tecnológicos presentes como itens de série, citamos anteriormente.

De série, o Chevrolet Tracker vem equipado com alarme com acionamento por controle remoto, aviso de utilização de cinto de segurança, dois air-bags, faróis de neblina, luz auxiliar de freio, sensor de estacionamento, câmera de ré, freios ABS, sistema ISOFIX. Para o conforto dos ocupantes do veículo, o Tracker é equipado com ar condicionado, computador de bordo – com medidor de temperatura, consumo médio e autonomia –, controle de velocidade de cruzeiro, vidros, travas e retrovisores elétricos, transmissão automática com opção para trocas manuais, volante com botões multimídia e bancos em couro sintético.

Como opcionais, apenas air-bags laterias e teto solar.

Mesmo com tais itens, o preço cobrado pela Chevrolet ainda é alto e acima da concorrência, o que pode gerar maior desvalorização para o proprietário no futuro. GPS, por exemplo, não é vendido nem como opcional, mesmo com a moderna central MyLink.

Chevrolet Tracker 2015

Consumo do Tracker

No lançamento do Tracker, a Chevrolet se esquivou ao ser questionada sobre o consumo, e isso é justificável pelos consumos medidos pela imprensa automotiva. Abaixo uma tabela de consumo do Tracker com informações colhidas por proprietários do veículo. Não são os dados oficiais, são médias retiradas de comentários de proprietários.

← Arraste para ver mais →
Misto Etanol 5,2 km/l – Gasolina 7,2 km/l
Cidade Etanol 5,5 km/l – Gasolina 6,5 km/l
Estrada Etanol 7,0 km/l – Gasolina 7,9 km/l
← Arraste para ver mais →

É visível o alto consumo do Tracker 2015, mostrando baixa eficiência com o preço do combustível subindo cada vez mais.

Avaliação em vídeo

O programa televisivo Vrum realizou uma matéria sobre o Tracker em seu lançamento. Assista a avaliação abaixo e veja o veículo em detalhes.

Você concorda com os resultados? Deixe sua opinião nos comentários e nos diga o que achou do lançamento da Chevrolet na categoria de SUV compactos.



⭐️ 4.98/5
Deixe seu comentário

Comentários
  1. Gosto do design, porem o que me preocupa é o alto consumo de combustível. Tem alguma maneira de reduzir esse problema ( talvez recalibrando o cambio ) ??????, Obrigado

  2. COMPREI E ARREPENDI. ALTO CUSTO BENEFÍCIO EM RELAÇÃO À CONCORRÊNCIA.
    ALTO CONSUMO. EU POSSUÍA UMA ANO 2007, COM TRAÇÃO NA QUATRO RODAS, CUJO CONSUMO ERA 9 KM/LITRO NA CIDADE.

  3. O meu carro TRACKER LTZ saiu por muito mais do que 76.000 reais, com todos os opcionais possíveis e imagináveis. Seu consumo (NOTA: foi adquirido em maio de 2015, ainda ano 2014/2015 e, agora em 23 de dezembro de 2015, com 3450 km rodados exclusivamente na cidade de Goiânia/GO, que é basicamente plana … ) está, hoje, dezembro de 2015, em 4,0km/Litro de álcool combustível. Ou seja, absurdamente elevado. Fora essa questão (extremamente importante, para mim, que procurarei trocar por outro veículo automático assim que for possível, ou assim que chegar aos 3,5 Km/L… ora, assim até eu…), nada tenho a reclamar do carro em si, a menos pelo fato de não possuir GPS (se é para ser de uso urbano…já pensou um mineirão velho matuto como eu, na cidade de São Paulo, visitando meus filhos?). O “jogo” do volante também é limitado, relativamente ao meu Astra, imediatamente anterior ao Tracker (ô, arrependimento!!! Carro como o Astra 2.0 nunca deveria sair de linha ). A vantagem do Tracker é a de que é muito gostoso de dirigir. Nunca tive um automático, de modo que isso me consola um pouco pela perda do meu Astra (06 anos de idade e uns 32 mil km rodados, avaliado por apenas 20 mil pela CICAL…)

  4. Nada a reclamar, o consumo melhorou gradativamente a partir de alguns cuidados ao dirigir, carro automático é fácil mas se não pegar o jeito correto consome muito mesmo, a média do meu está em 9,5km/L na cidade e 12,7km/l na estrada é só não afundar o pé e dirigir com calma dentro de uma velocidade segura com o giro entre 2.700 a 3.000rpm entre 90 a 110km/h respeitando os limites de segurança que o consumo fica legal. Muito bom carro. confortável. bonito e bom tamanho para pequenas famílias. Recomendo!!!

  5. E NECESSARIO A REDUÇAO DO PREÇO URGENTE,,VAI FICAR SEM VENDE;CONSUMO ALTO ISSO FAZ COM QUE ,O CONSUMIDOR PROCURE OUTRA MARCA,ESTAVA INTEREÇADO MAIS SO VEJO NOTOCIAIS RUIM DO TRACKER, MUITO BONITO ,MAIS O PREÇO BOTA QUALQUER UM PRA CORRER VE SE REDUZ POS SOU O PRIMEIRO A FATURA AINDA ESSA SEMANA 70.000 AHO QUE SEJA O MAXIMO , ESPERO QUE NAO LEVE A ,.OBRIGADO SE FIZER ISSO “FELIX