O Citroën AirCross 2011 é um modelo a nível mundial, porém ele levou leves mudanças para o mercado sulamericano. O carro é construido na plataforma do C3 Picasso, na verdade este é o nome que ele leva na Europa já há alguns meses. A minivan teve seu lançamento oficial no Brasil dia 25/08/10, com uma grande festa da Citroën, que convidou a imprensa e convidados ilustres. Desde o começo do ano o AirCross 2011 vem sendo fotografado com leves desfarces, claro, isso tudo para gerar buzz em jornais, revistas e em sites.

Todas as versões do AirCross 2011 são equipadas com motores 1.6 16v Flex com 113 cvs de potência. Serão três versões: GL, GLX e Exclusive. O modelo mede 4,27m de comprimento, entre-eixos de 2,54m e altura de 1,75 metros. Um carro grande, que acomoda uma família de 4 pessoas tranquilamente e um quinto passageiro com um pouco de desconforto. Há 7 opções de cores para a personalização do modelo, são elas: Blanc Banquise, Rouge, Gris Aluminium, Manitoba, Perla Nera, Hickory e Dolomites.

AirCross 2011 preço

AirCross 2011 fotos

Conheça as versões e o preço do AirCross 2011 para cada versão e seus respectivos itens.

  • Versão GL – É equipada com ar-condicionado, trio elétrico, direção elétrica, travamento automático das portas, porta-luvas refrigerado, volante com regulagem de altura e profundidade, chave tipo canivete com keyless e computador de bodo. Um detalhe importante é que apenas os vidros dianteiros são elétricos nesta versão, não há ABS nem air-bags. Preço: R$ 53.900;
  • Versão GLX – É adicionado vidros elétricos traseiros, ajuste de altura no banco do motorista, bússula, inclinômetro, faróis de neblina, rodas de liga leve e aparelho de som com rádio, CD e MP3. Preço: R$ 56.400;
  • Versão Exclusive – É a topo de linha, com airbags duplos frontais, ar condicionado automático, controle de cruzeiro, alarme, freios ABS e EBD, mesas tipo avião, bancos em couro, maçanetas, pedaleiras e retrovisores cromados e aparelho de som com conectividade Bluetooth e iPod. Preço: R$ 61.900.

Os preços são válidos até 31 de dezembro de 2010.