A nova S10 2011 está cada vez mais próxima de você. A Chevrolet vai finalmente lançar um modelo novo de verdade, e parar com os incansáveis face-lifts externos – externos, porque por dentro o modelo sempre foi igual – que ela pratica desde 1995 na S10. A picape é líder de vendas desde seu lançamento, por isso ela tem preço mais baixo, e por isso também que talvez a GM não ligue em atualiza-la, já que a empresa deve pensar que enquanto está vendendo bem, não há necessidade de atualizar, porém, devido às fortes críticas dos consumidores e da imprensa, a montadora resolveu fazer um projeto novo para a S10 2011 e lança-la novamente em nosso mercado como uma novidade.

Ainda não se tem informações técnicas da nova S10 11 da Chevrolet, já que para a revista Auto Esporte conseguir informações do design já foi muito complicado. Atualmente a S10 tem duas opções de motorização: 2.4 Flexpower e 2.8 Turbo Diesel Electronic, gerando 141cv (Gasolina) e 147cv à 5.200rpm (Álcool) na versão Flex e 140cv à 3500rpm na versão à Diesel.

S10 2011

A Chevrolet S10 ainda vende bem graças a fama de manutenção barata e fácil, fácil reposição de peças e robustez. Porém, é claro, isso vale apenas para algumas versões, as 4×4 são de manutenção mais difícil e cuidadora, mas claro, a S10 também é muito robusta, seu motor é forte e potente, mas isso não justifica a demora da montadora em atualizar o modelo, e é claro que com a S10 2011 a GM Brasil não vai deixar que tal fama vá por água a baixo, com certeza eles tem um bom plano para que ela continue líder do mercado, e tão avançada como suas concorrentes Toyota Hilux, Nissan Frontier, Ford Ranger, Mitsubishi Triton e outras.

S10 2011

Atualmente a S10 é vendida com preço inicial a partir de R$ 49.610,00, para a versão com cabine simples sem opcionais, e o preço máximo é de R$ 89.366,00 sem opcionais. Já o preço da S10 2011 deve subir um pouco, mas não muito para chegar a perder possíveis compradores, mas apenas o custo de produção deve subir já que o modelo será mais equipado, tanto que vários opcionais devem virar itens de série.

Fotos por Garagem do João / Revista Auto Esporte.