CARROS BR
Honda Civic 2017 vermelho

Honda Civic 2017 – novo modelo chega no Salão do Automóvel

Honda

Conheça o completamente novo Civic 2017, que busca retornar a agressividade e exclusividade que o Civic havia perdido. Veja fotos do novo modelo!

A décima geração do Honda Civic chega para, finalmente, trazer um sorriso aos entusiastas do carro mais famoso da montadora japonesa. A nona geração havia sido desenhada enquanto os efeitos da crise de 2008 ainda repercutiam pelo mundo e isso fez uma grande diferença. Foi um design sem graça e as características de simplicidade (não minimalistas!) foram criticadas pela imprensa, em vista de que toda a concorrência buscava ganhar o consumidor por mais itens de série.

Apresentado oficialmente no dia 16 de setembro em Los Angeles, nos Estados Unidos, o novo Honda Civic 2017 vem recheado de novidades para buscar a liderança de vendas em todo o mundo – e aqui no Brasil, deixar o Corolla pra trás. Inicialmente, podemos notar que a dianteira do carro ficou mais agressiva. A habitual barra cromada que segura o logotipo da Honda invadiu o espaço dos faróis, que continuam estreitos mas apresentam um design mais moderno: minimalista, em LED [nas versões topo de linha] e sem lentes visíveis.

Pela dianteira já notamos que a Honda apostou em vínculos bem definidos por todo o desenho do Civic 2017. Do parachoque ao capô, as linhas são bem definidas com ângulos fechados (poucos detalhes são arredondados), o que, no final das contas, gerou um impressionante ganho aerodinâmico: 12% melhor que a geração anterior.

O ganho aerodinâmico não é só um título. Ele ajuda o carro a se deslocar melhor com menos esforço do motor, gerando um menor consumo de combustível. Em tempos de gasolina cara, é uma ótima notícia para brasileiros.

Na traseira, a Honda acertou em cheio do design das lanternas, que são de LED de série. Novamente com vínculos bem definidos e design agressivo, os fãs da 8ª geração do Civic podem novamente sonhar com uma traseira que seja completamente diferente da concorrência.

Honda Civic 2017 vermelho

Lateral do Honda Civic 2017

painel-honda-civic-2017

Interior

Mas as mudanças não foram só externas. Por dentro o Civic 2017 traz um interior remodelado, deixando pra trás o icônico painel de dois andares e adotando uma velocímetro em tela TFT digital. Agora de série, o carro traz central multimídia com suporte ao Apple CarPlay e Android Auto – tecnologia de ponta para conectar seu smartphone.

Além do velocímetro de dois andares, o freio de mão também ficou para trás. Nos EUA, o Civic contará com freio de estacionamento elétrico em todas as versões, além de vidros elétricos dianteiros com ‘One-touch’ (subida ou descida com apenas um toque) e travamento automático das portas quando o motorista de distancia do veículo. Nas versões topo de linha, ar condicionado automático de duas zonas.

interior-honda-civic-2017

Honda Civic 2017 lado-a-lado

Mecânica

Dois novos motores foram apresentados no lançamento. Nas versões LX e EX, o novo motor 2.0 apresenta opção de câmbio manual de seis marchas ou automático CVT. Para o também novo 1.5 que equipa as versões EXT e EXL, apenas opção de câmbio CVT.

Apesar da Honda ainda não ter divulgado mais dados técnicos do novo Civic 2017, este novo motor 1.5 turbo com injeção direta de combustível tem consumo previsto pela imprensa americana de 17 km/l em ciclo EPA.
E pra quem sempre achou o Civic um pouco apertado, boas notícias: ele está 5 cm mais largo, mas 2,5 cm mais baixo [altura total: 1,41 m]. O entre-eixos volta a ter os 2,70 m da 8ª geração.

traseira-honda-civic-2017

O porta-malas passa a ser 73 l maior que da geração anterior, totalizando 522 l. Apenas para comparação, o porta-malas do Toyota Corolla tem 470 l e do 449 l no Chevrolet Cruze.

Para a segurança dos passageiros, o novo Civic 2017 passa a ter freios a disco de série nas quatro rodas, novo sistema Honda Sensing, que freia o carro automaticamente para diminuir o impacto de colisões inevitáveis e sistema para evitar saída de faixa, já presente em carros de categorias superiores.

Honda Civic 2017 cinza

Preço do Civic 2017

Apesar de ainda não ter sido lançado no Brasil, estimamos que isso ocorrerá no Salão do Automóvel de 2016, que ocorre em novembro.

A fim de simulação, cogitamos que o preço da 10ª geração do carro chegue com preços até 4% superiores aos atuais, ficando:

← Arraste para ver mais →
Versão Preço atual Preço estimado
CIVIC LXS MT R$ 73.100,00 R$ 75.000,00
CIVIC LXS AT R$ 76.100,00 R$ 79.000,00
CIVIC LXR AT R$ 80.600,00 R$ 83.000,00
CIVIC EXR AT R$ 90.600,00 R$ 94.000,00
← Arraste para ver mais →

Vale ressaltar, novamente, que é apenas uma estimativa não-oficial em vista da alta do dólar e do fator “novidade”, que encarece o preço de novos lançamentos no Brasil.



⭐️ 4.73/5
Deixe seu comentário

Comentários
  1. Tenho isenção para compra de carro para deficiente, onde necessito apenas cambio automático.
    Poderiam mandar algumas informações sobre modelos que posso adquirir com o valor teto a que tenho direito?

  2. Estive estudando o novo Civic 2017 e conclui que os projetistas não deram muita importância a necessidade de calibrar o estepe, tanto que o colocaram com a válvula virada para baixo. A operação de calibrar o estepe do Civic e do HRV é uma africa. Necessário levantar o forro do porta malas, retirar o molde de isopor que aloja macaco, chave de roda, chave de fenda e outras ferramenta. É uma peça relativamente pesada e deve ser colocada no chão. Daí é necessário destarrachar o parafuso que prende a roda e retirá-la virando a válvula para cima permitindo seu acesso para calibração. Esta operação deverá ser feita toda ao contrário para alojar novamente o estepe em seu lugar apropriado. Imaginem fazer isto todas as vezes que se calibra o estepe!!! Será que o manual do Civic diz que o estepe não precisa ser calibrado e eu não sabia!!! A colocação do estepe com a válvula para cima é uma boa prática e os frentistas agradecem.
    Recomendo a todos os interessados na compra de um carro que façam análise deste ponto pois calibração de pneus incluindo estepe é coisa séria e deve ser verificado com frequência.